1ª reunião de pais e professores da Escola Professor Paulo Freire - 2017








   Iniciamos o nosso encontro recepcionando os pais ao som da música “Como é grande o meu amor por você”, tocada em flauta, lindamente, pelas alunas Láysla e Isabela.






    Na sequência, comentamos a música Trem-Bala, que traz uma mensagem bem significativa e refletimos um fragmento do texto Gestão da emoção, de Augusto Cury:
“Na relação entre pais e filhos, também pode haver agiotagem. Há pais que se doam para os filhos, pagam-lhes escolas, dão presentes, fazem belas festas de aniversário, ensinam seu manual de ética, porém cobram caro por tudo isso. Ao mínimo erro dos filhos, despejam uma série de críticas. Não sabem relaxar, ser lúdicos, tolerar o trivial e reciclar o essencial. Em alguns momentos são permissivos, não sabem colocar limites; em outros são cobradores e explosivos, dizendo, por exemplo, que os filhos não reconhecem todo o seu esforço. Alguns pais excedem e afirmam que os filhos não os amam. Os agiotas da emoção adoecem a si, aos outros e têm tendências a pressionar muito o ser amado”.
Augusto Cury – Gestão da Emoção p. 190.
    Após a reflexão, discutimos assuntos do cotidiano e apresentamos a “Equipe que acerta”. 




Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário